quarta-feira, 13 de julho de 2016

Resenha #81 - Dias de Sangue e Estrelas

Dias de Sangue e Estrela - Livro 2

Autora: Laini Taylor
Título Original: Days of Blood and Starlight
Páginas: 448
Gênero: Romance
Editora: Intrínseca
Ano: 2013


Karou, uma estudante de artes plásticas e aprendiz de um monstro, por fim 

encontrou as respostas que sempre buscou. Agora ela sabe quem é - e o que 

é. Mas, com isso, também descobriu algo que, se fosse possível, ela faria de 

tudo para mudar: tempos atrás Karou se apaixonou pelo inimigo, que a traiu, e 

por sua culpa o mundo inteiro foi punido. Na deslumbrante sequência de Feita 

de fumaça e osso, ela terá que decidir até onde está disposta a ir para vingar 

seu povo. Dias de sangue e estrelas mostra Karou e Akiva em lados opostos de

 uma guerra ancestral. Enquanto os quimeras, com a ajuda da garota de cabelo

 azul, criam um exército de monstros em uma terra distante e desértica, Akiva

 trava outro tipo de batalha: uma batalha por redenção... por esperança. Mas restará alguma esperança no mundo destruído pelos dois?  


Trilogia Feita de Fumaça e Osso

Feita de Fumaça e Osso
Dias de Sangue e Estrelas
Sonhos com Deuses e Monstros


Antes de começar a resenha, tenho que falar que pode conter spoilers de "Feita de

Fumaça e Osso", o primeiro livro da trilogia.

       Bora falar do livro! "Dias de sangue e estrelas" conta a história de Karou e Akiva, mas de uma maneira um pouquinho diferente do que foi no primeiro livro. Todos estão bem estressados por causa da guerra entre os Serafins e os Quimeras, principalmente Karou, pois no final do primeiro livro, Akiva conta uma coisinha que fez e que a deixou com um ódio mortal do amado, agora não tão amado assim. Para que não se lembra, antigamente Karou vivia correndo atrás de Akiva e Akiva tinha uma certa vergonha de estar com Karou. Não propriamente de Karou, mas não vou dar spoilers do primeiro livro. Entendedores entenderão.

      Nesse livro vão surgindo novos personagens que vão nos ajudar a entender um pouco mais da história dos nossos protagonistas e outros personagens que já estavam no livro começam a ter um pouco mais de participação, como Zuzana, melhor amiga de Karou, e Mik, "o garoto do violino".

       Agora Karou faz todo o trabalho de Brinstone, isso porque ela esta tentando se redimir com seu povo. Ela se sente muito culpada por causa de seu passado e acaba fazendo várias coisas que não quer, recebe olhares reprovadores e até sofre alguns ataques por causa disso. O que ela fez de tão errado a gente descobre no decorrer do primeiro livro. E nesse meio, nos deparamos com Erick, o líder Lobo Branco dos Quimeras. Erick diz que se arrependeu do que fez no passado e que está disposto a fazer de tudo para ajudá-la a ser aceita pelos demais, mas nem tudo é o que parece. Karou também terá que lidar com uma constante dúvida sobre quem está do seu lado e em quem pode confiar e ela vai descobrir isso da pior forma.

"Isso ainda acaba com você, não é? Eu ter escolhido o Akiva em vez de você? Quer saber de uma coisa? Você nunca foi uma opção."
 
 
      Essa é a Karou falando com o Lobo Branco, confesso que ri muuuuitoooo com isso.
      Como sabemos, Serafins e Quimeras quase sempre estiveram em guerra e agora, mais do que nunca, ambos os lados querem por um fim nisso, por isso começam a investir mais pesado nos meios de combate.

      Alguns personagens começam a ganhar mais espaço no livro, como Zuzana, melhor amiga de Karou e Mik, o garoto do violino. Eles vão atrás da Karou, no meio do deserto, e tem capítulos que são especialmente dedicados a eles, inclusive um livro só deles, mas isso é história para outro post.

       Agora vamos falar um pouquinho do Akiva. O Akiva também está sendo mal visto pelos Serafins pelo mesmo acontecimento de Karou. E, como há muito tempo Akiva desistiu da guerra, ele tenta ver um jeito de acabar com isso, mas isso é meio que impossível. E ele e os irmãos acabam descobrindo que os Serafins estão bolando algo muitooo maléfico envolvendo todos os mundos, dos Anjos, Quimeras e até mesmo o nosso, de meros mortais.

      E não sei se eu disse isso antes, mas o jogo virou. Agora Akiva vai correr atrás de Karou, e não o contrário. Ele tenta de várias formas recuperar o amor da amada, mas não dá em muita coisa. Ele até mesmo invade os sonhos de Karou e tenta fazer com que ela acabe mudando de ideia sobre tudo que já aconteceu, principalmente sobre ele. Karou não sabe se pode confiar nele, na verdade não sabe se pode confiar em qualquer pessoa. E isso vai ser uma questão muito importante, pois Karou será testada em vários momentos do livro.

- Não é um sonho. É tudo real.
- Como você sabe? Você nem está nele.- Estou em todos os seus sonhos - diz ele. - É onde eu vivo agora.
 
 
      Booom, acho que por enquanto é só e não se esqueçam de deixar nos comentários o que vocês acharam do livro, se vocês leram, e se não leram, deixem o que vocês acharam da resenha. E não percam a próxima resenha, que será de "Sonhos com Deuses e Monstros", terceiro e último livro da trilogia "Feita de Fumaça e Osso".


Por hoje é só, pessoal!


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...