sexta-feira, 1 de abril de 2016

Resenha #41 - O Menino da Mala


Autor: Lene Kaaberbol e Agnete Friis.
Gênero: Ficção/ policial. 
Páginas: 256
Editora: Arqueiro.
Ano: 2013.

     Se você adora romances policiais essa é uma ótima escolha; um livro eletrizante, cheio de mistérios e surpresas, capaz de te prender por horas.
     O livro conta a história de Nina, uma enfermeira da Cruz Vermelha que além cuidar de sua família e amigos, ainda encontra tempo para ajudar imigrantes ilegais. Tudo começa quando sua amiga Karin lhe pede um favor, ir até um guarda-volumes e buscar uma mala, mesmo relutante Nina acaba aceitando. Mas ao pegar a mala Nina fica curiosa para saber o que há dentro decide abrir antes de leva-la até o local combinado, mas quando Nina abre a mala se depara com um menino completamente nu e dopado, mas vivo. 
     A partir desse momento a história se passa em Nina tentando descobrir quem é o garoto e devido a tantos outros acontecimentos, tentando salvar não só ao garoto, mas a si também.  


     O Menino da Mala fala sobre a vida de uma enfermeira da Cruz Vermelha que vive na Dinamarca e que está sempre se arriscando para salvar a vida das pessoas, muitas vezes deixando sua família de lado.
     Em um dia aparentemente normal sua amiga, Karin, pede um estranho (mas aparentemente simples) favor. Nina deve ir à estação de Copenhague e retirar uma mala do guarda volumes o mais rápido possível. Apesar de achar estranho o pedido, Nina faz o que lhe é pedido e ao chegar à estação se depara com um homem furioso a procura da mala. Mesmo com muito medo do homem Nina consegue pegar a mala e a leva até seu carro, curiosa para saber o que havia dentro da mala, ela a abre e se depara com um menino completamente nu e dopado. Confusa, decide leva-lo consigo até descobrir o que estava acontecendo. A partir desse momento a vida de Nina se torna uma aventura perigosa em busca de uma solução para toda essa confusão, envolvendo mortes, violência e muito, muito mistério.Apesar de protagonista, Nina não é a única personagem, o livro conta história de outros personagens aparentemente sem conexão alguma um com o outro, mas que no final descobre-se que todos estão ligados. Tanto os mocinhos quanto os vilões são tão bem colocados e explicados que você se identifica com cada um deles. Com tantas informações é impossível não se envolver e simpatizar com essa história, a cada página você fica mais ligado e mais próximo de resolver todo esse mistério.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...