sábado, 2 de abril de 2016

Resenha #52 - A Menina Que Colecionava Borboletas

 
 
Autora: Bruna Vieira
Páginas: 152
Gênero: Crônicas
Editora:  Gutenberg
Ano: 2014

Sinopse:
     A garota do interior que usa batom vermelho e que realizou seus maiores sonhos continua inspirando adolescentes de todo o país. Para ela, as páginas deste livro significam o bater de asas das borboletas que colecionou dentro do peito por algum tempo e que agora, finalmente, pode deixar que voem livres por aí.

     A Menina Que Colecionava Borboletas aborda temas como: Amizade, Padrões de beleza, Viagens e Morar sozinha. Bruna Vieira mostra que mesmo com tão pouca idade está apta a falar de qualquer assunto que vê pela frente e que pode mostra que é possível tirar lições de qualquer experiência sendo ela boa ou ruim. Porque somos nos que decidimos se vamos deixar os desafios e as dificuldades nos abaterem ou vamos seguir em frente e levar cada barreira como mais um aprendizado. Varias decepções nos fazem pensar na maneira que estamos levando a vida, principalmente quando olhamos para os lados e nos deparamos sozinhos.
 
 "Penso que quando não temos alguém para agradar, nos resta agradar a nós mesmos"
 
     Já no início do livro é possível perceber a mensagem que a autora quer passar, ele nós propõem pensar em como estamos preocupados com os padrões e rótulos impostos pela sociedade, mais que mesmo vivendo nesse teatro que temos que fazer para viver nessa sociedade, nunca perderemos quem realmente somos .
"Armadura nenhuma nos protege de nós mesmos"
 
     A autora colocou frases no livro que nos fazem pensar em que realmente nos tornamos, olharmos para trás e pensar que poderíamos ter feito tudo de uma maneira diferente, dessas varias frases, três em particular, eu gosto mais, são elas:
 
"Cada pessoa que conhecemos durante a vida, nos transforma de uma maneira diferente"

"Se você deseja o bem, o bem te deseja também"
 
     E a minha preferida:

" Para afastar os mesmos pensamentos de sempre, faça coisas que você não faria antes"

     Enfim, o que a autora quer realmente nos transmitir é que a vida é muito curta, para deixarmos que outras pessoas tomem conta da nossa vida, de uma maneira ruim. E pra você que não leu o livro ou pra você que leu e não entendeu muito bem, o que a autora quis dizer com '' A menina que colecionava borboletas'' é que a menina colecionava sentimentos.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...