segunda-feira, 4 de abril de 2016

Resenha #60 - A Herdeira


A Herdeira - Série A Seleção - Vol. 4 - Cass, Kiera - 9788565765657
Autora: Kiera Cass

Páginas: 361

Gênero: Romance e Distopia

Editora: Seguinte

Ano: 2015



 

Sinopse:



     Vinte anos atrás, America Singer participou da Seleção e conquistou o coração do príncipe Maxon. Agora chegou a vez da princesa Eadlyn, filha do casal. Prestes a conhecer os trinta e cinco pretendentes que irão disputar sua mão numa nova Seleção, ela não tem esperanças de viver um conto de fadas como o de seus pais… Mas assim que a competição começa, ela percebe que encontrar seu príncipe encantado talvez não seja tão impossível quanto parecia.
 


     20 Anos se passaram e America e Maxon tiveram 4 filhos, Eadlyn a mais velha, Ahren o irmão gêmeo de Eadlyn nascido 7 minutos depois dela, Kaden o irmão do meio e também um gênio, e por último Osten o irmão caçula e pestinha.
     Nesse livro Eadlyn é a nova protagonista tomando o lugar da mãe, America. Isso acabou irritando alguns fãs da série. Eadlyn é totalmente diferente da America, tendo atitudes rebeldes e nariz empinado. Imagino que os fãs esperavam uma protagonista como a America, e se decepcionaram com a mudança. Eu entendo o que a Kiera quis passar, e muitos não entenderam. Eadlyn é uma nova protagonista, Kiera não quis prendê-la a America, justamente por ser outra pessoa, claro que ela teria uma personalidade diferente, essa é a vez dela, o livro dela, ela teria que deixar sua marca de algum jeito sem ficar na sombra da mãe e foi assim que a Kiera escolheu.
     Ela muda bastante no decorrer do livro, e também é colocada em situações que faça com que entendamos ela. Não tem como elas serem iguais na personalidade, America foi criada como uma cinco enfrentando as dificuldades da vida, já a Eadlyn foi criada a vida inteira sabendo que seria a rainha, e foi mimada de diversas maneiras. Uma pessoa que foi mimada a vida inteira não seria humilde.
     Não sei como ela ficará depois que passar pela mudança, cabe apenas esperar e ver o que Kiera tem guardado nas mangas.
     Depois que Maxon acabou com as castas acreditou ele que Illéa agora ficaria em paz, mas não foi bem isso que aconteceu. As pessoas começaram a oprimir as outras que antes eram de casta inferior, e seus descendentes também. Uma nova revolução começa e Maxon fica confuso, pois deu aquilo que seus súditos queriam e mesmo assim não ficaram satisfeitos. Ele então tem uma ideia, distrair o povo enquanto pensa em algo para acabar com isso, ou seja, uma nova seleção para distrair eles. E Eadlyn não gostou nada dessa ideia até seu irmão a convencer do contrário. Para que anunciem a nova seleção ela impõe algumas regras. Que se os candidatos quisessem eles poderiam ir embora, e também se a seleção chegasse ao final e ela não tivesse se apaixonado por ninguém ela não teria a obrigação de se casar. Maxon aceita e anuncia a seleção.
     No início Eadlyn tentou amedrontar os candidatos para que saíssem, mas com um tempo ela não conseguiu continuar com isso, ela foi pegando carinho pelos selecionados, alguns em especial. E então ficou confusa, entre se casar ou não, e seu irmão Ahren a ajudava a encontrar respostas para suas perguntas os dois eram como complemento um do outro, ele a guiava na seleção, pois qualquer deslize, mínimo que fosse Eadlyn era criticada na imprensa.
     Esse livro não foi o melhor da série, pois no livro inteiro não acontece nenhum evento marcante apenas no final, e que final. Kiera sempre dá um jeito de surpreender, e a herdeira é prova disso. Agora tudo o que podemos fazer é esperar o próximo.
     E sim tenho minhas expectativas para o próximo livro e gostaria de dividir ela com vocês. Não tem como não perceber que a Eadlyn mesmo tentando ainda não está pronta para ser rainha, e ela não é querida por alguns súditos, ela sendo rainha irá criar apenas um gancho para outro livro ou spinoff
e a Kiera afirmou que esse será o último livro. O que me dá mais certeza de que ela renunciará o trono. Ahren não poderá ser rei também pelo o que aconteceu no livro. O que acaba sobrando para Kaden, que não ganhou toda aquela inteligência à toa Kiera tem algum plano para ele, ou seja, ele será o novo rei de Illéa.
     O próprio título do livro já sustenta a hipótese “A coroa”, esse nome parece representar essa reviravolta de Eadlyn renunciar a coroa e Kaden a reivindicar. Mas isso é só uma teoria minha, uma das várias teorias de fãs da série. Então, o que esperam para o próximo livro?


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...