quarta-feira, 18 de maio de 2016

Resenha #79 - Isla e o Final Feliz


Autora: Stephanie Perkins
Título Original: Isla and the Happily Ever After
Páginas: 304
Gênero: Romance
Editora: Intrínseca
Ano: 2015

Tímida e romântica, Isla tem uma queda pelo introspectivo Josh desde o primeiro ano na SOAP, uma escola americana em Paris. Mas sua timidez nunca permitiu que ela trocasse mais do que uma ou duas palavras com ele, quando muito.
     Depois de um encontro inesperado em Nova York durante as férias envolvendo sisos retirados e uma quantidade considerável de analgésicos, os dois se aproximam, e o sonho de Isla finalmente se torna realidade. Prestes a se formarem no ensino médio, agora eles terão que enfrentar muitos desafios se quiserem continuar juntos, incluindo dramas familiares, dúvidas quanto ao futuro e a possibilidade cada vez maior de seguirem caminhos diferentes.
     Com participações de Anna, Étienne, Lola e Cricket, personagens mais do que queridos pelo público apresentados em livros anteriores da autora, Isla e o final feliz é uma história de amor delicada, apaixonante e sedutora, um desfecho que vai fazer os fãs de Stephanie Perkins suspirarem ainda mais.

     "Isla e o Final Feliz" é o terceiro livro da trilogia. O primeiro é Anna e o Beijo Francês, o segundo Lolla e o Garoto da Casa ao Lado e agora, o terceiro e último, Isla e o Final Feliz. Todos esses livros já foram resenhados aqui no blog, então é só clicar no título do livro que vocês já vão para a resenha.

     Logo na primeira página, nossa personagem principal nos conta como se pronuncia seu nome: “Aila”. Se você é como eu, provavelmente estava pensando que era “Isla”... Pois é! A vida tem dessas.
 
     Isla é filha de uma francesa com um americano, então ela mora em Nova Iorque e estuda em Paris. Super normal. Faz 3 anos, ou seja, todo o ensino médio, Isla é apaixonada por Josh, um cara que é bem na dele, tímido e que presta muita atenção em seu caderno de desenhos, mas é totalmente diferente dos outros meninos da escola, e Isla o acha lindo e maravilhoso. Toda vez que Isla o encontra, sempre acaba fazendo alguma besteira, ela faz alguma coisa errada, enfim, ela é beeem desastrada.

"Queria que Josh olhasse para mim do mesmo jeito que olha para os próprios desenhos, porque então ele veria que há algo a mais em mim além da timidez, assim como vejo que há muito mais nele além da preguiça."

     Num certo dia em Nova Iorque, depois de fazer uma cirurgia para remover o dente do ciso, Isla entra numa cafeteria e por ela estar meio grogue, talvez muito, por causa da anestesia, ela encontra Josh e ela acaba puxando assunto com ele e ele começa a conversar também, uma conversa bem empolgante, não aquela coisa chata e forçada. Depois que chega em casa que Isla se dá conta do que fez.
 
     Depois das férias, ela volta para seu colégio em Paris e a primeira pessoa que ela encontra é o Josh e ela descobre que eles são da mesma sala e fazem algumas matérias juntos. Aos poucos, eles começam a conversar e a se conhecer melhor. Isla nem consegue acreditar que isso realmente está acontecendo e isso fica bem claro nas suas reações. 
 
     Passa um tempinho e Isla e Josh começam a namorar e Isla continua sem acreditar que tá tudo acontecendo na vida dela, então o namoro vai tomar um rumo e numa certa altura, eles terão que decidir o que querem fazer de suas vidas, o que vão fazer na faculdade, enfim, seus planos em geral. Acontece que, Josh sempre soube o que queria fazer, para onde iria e como faria, totalmente o contrário de Isla, que não sabe o que quer da vida, não sabe se presta para uma faculdade mais próxima de Josh, se espera mais um ano para ver o que realmente quer fazer, enfim, uma grande bagunça.
    
     Os personagens principais dos livros anteriores também aparecem no livro, mas não conta a história deles... Mesmo assim foi bom saber o que estava acontecendo com eles. 

“É lindo. O que vem depois?” “A melhor parte... O final feliz.”
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...