quarta-feira, 10 de junho de 2015

Resenha #06 - Todo Dia


Livro: Todo Dia
Autor (a): David Levithan
Editora: Galera Record
Páginas: 279
Ano: 2012
Gênero: Ficção Juvenil

Oi galera, é com muito prazer que hoje eu venho a escrever uma resenha do livro "Todo Dia" de David Levithan.

O livro é maravilhoso, eu estava o cobiçando há meses, e recentemente o comprei. Quando você lê uma sinopse, você imagina a história do livro e tem uma ideia do que vai acontecer, bem, eu me enganei logo de primeira, mas o interessante é que esse livro ultrapassou as minhas expectativas, que já eram altas.Ele também aborda muitos temas implícitos interessantes, que durante a leitura você acaba analisando automaticamente. É uma leitura rápida, que te prende a atenção e muito agradável. É aquele tipo de livro que a história de desenrola naturalmente, e você delicia a cada página que se passa.

O que você faria se acordasse todo dia em um corpo diferente? Quais os pontos positivos? Quais os pontos negativos? Os positivos valem os negativos? 

Tudo isso é trabalhado durante a narrativa de primeira pessoa de "A", que é o personagem principal ..
A tem dezesseis anos e acorda todos os dias em um corpo diferente, independente do gênero (feminino, masculino), personalidade, e até mesmo de cidade. E ele nunca sabe em quem ele vai acordar no dia seguinte. A possui algumas regras para fluir e conseguir viver dessa maneira : 
1- Nunca se apegar as pessoas;
2- Nunca interferir.
Mas tudo isso é ignorado quando A acorda no corpo de Justin e se apaixona pela sua namorada, Rhiannon. Em apenas um dia, ele viu que era ela a pessoa que ele queria viver para sempre, para dormir e acordar ao seu lado, sua parceira de todas as horas, de todos os dias. 
Como ele fará para isso dar certo diante de todas as circunstâncias ?


Em uma luta constante para se encontrarem todos os dias, ele precisa se esforçar ao máximo para estar sempre ao seu lado. E Rhiannon, aquela doce garota, será que ela aceitará os obstáculos que virão? Será que ela abrirá mão de tudo , da vida perfeita, para viver com A?

David fez personagens maravilhosos, com histórias comuns, e algumas marcantes. A cada dia que se passa do livro, você acaba aprendendo algo com algum personagem ou com alguma experiência.
E ao acabar a leitura, você tem uma percepção diferente sobre alguns aspectos e algumas lágrimas escaparão de seus olhos.

Mas o livro inteiro vale pelo final, que eu amei.

"Acordo. Imediatamente preciso descobrir quem sou. Não se trata apenas do corpo - de abrir os olhos e ver se a pele é clara ou escura, se meu cabelo é comprido ou curto, se sou gordo ou magro, garoto ou garota, se tenho ou não cicatrizes. O corpo é a coisa mais fácil à qual se ajustar quando se está acostumado a acordar em um corpo novo todas as manhãs. É a vida, o contexto do corpo, que pode ser difícil de entender." 
Eu super recomendo a leitura de "Todo Dia",  é maravilhoso, encantador, envolvente, apaixonante, muito bem escrito e desenvolvido. 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...