sexta-feira, 1 de abril de 2016

Resenha #39 - O Menino do Dedo Verde

Autor: Maurice Druon
Gênero: Ficção
Páginas: 200
Editora: José Olimpio
Ano: 1957


Sinopse:
"Era uma vez Tistu...Um menino diferente de todo mundo. Com uma vidinha
inteiramente sua, o pequeno de olhos azuis e cabelos loiros deixava impressões digitais que
suscitavam o reverdecimento e a alegria. As proezas de seu dedo verde eram originais e
um segredo entre ele e o velho jardineiro, Bigode, para quem seu polegar era invisível e seu
talento, oculto, um dom do céu. Até o final surpreendente e
singelo.
 ́O Menino do Dedo Verde ́, de Maurice Druon, tornou-­se um clássico da literatura para
crianças e jovens em todo o mundo e permanece atual há três décadas, sendo adotado em
escolas do Ensino Fundamental todos os anos. Esta fábula trata de questões relacionadas
com os conceitos de convívio social, ética e cidadania; e foi pioneira ao abordar o tema
ecologia."

     É um livro para todas as idades: linguagem simples, para toda criança entender, e poética,
para todo adulto se surpreender.
     Tistu, senhor Bigode, Ginástico,... quer personagens melhores?
EU QUERO UM GINÁSTICO PARA MIM!!!!!!
     Tistu sempre aprendeu com a mãe e, quando foi para a escola, não se deu muito bem,
então os pais resolveram deixá­lo com professores diferentes: os funcionários da casa e da
fábrica.
     A história muda de rumo quando Tistu descobre que tem o "dedo verde", ou seja, floresce o
que toca. Isso o faz querer mudar o mundo com flores.
     E o final... muito chocante! Faz uns bons meses que eu li, mas ainda não consigo engolir o
final.
     Livro rápido ( li em 40 miutos) e te faz querer chorar e ler mais.

Nota: 9/10

Por: Mirella Lima Cserba
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...