sexta-feira, 1 de abril de 2016

Resenha #45 - Anna e o Beijo Frânces

image1.JPG

Livro: Anna e o beijo francês
Autor: Stephanie Perkins
Paginas: 288
Gênero Romance
Editora: Novo Conceito
Ano: 2011


Sinopse:
 “Isto é tudo o que sei sobre a França: Madeline, Amélie e Moulin Rouge. A Torre Eiffel e o Arco do Triunfo também, embora eu não saiba qual a verdadeira função de nenhum dos dois. Napoleão, Maria Antonieta e vários reis chamados Louis. Também não estou certa do que eles fizeram, mas acho que tem alguma coisa a ver com a Revolução Francesa, que tem algo a ver com o Dia da Bastilha. O museu de arte chama-se Louvre, tem o formato de uma pirâmide, e a Mona Lisa vive lá junto com a estátua da mulher sem braços. E tem cafés e bistrôs — ou qualquer nome que eles dão a estes — em cada esquina... Não é que eu seja ingrata, quero dizer, é Paris. A Cidade Luz! A cidade mais romântica do mundo.” Anna Oliphant não está nada entusiasmada com a ideia de se mudar para Paris, já que seu pai, um famoso escritor norte-americano, decidiu enviá-la para um colégio interno na Cidade Luz. Anna prefere ficar em Atlanta, onde tem um bom emprego, uma melhor amiga fiel e um namoro prestes a acontecer. Mas, ao chegar a Paris, Anna conhece Étienne St. Clair, um rapaz inteligente, charmoso e bonito. Só que Etiénne, além de tudo, tem uma namorada... Anna e Etiénne se aproximam e as coisas ficam mais complicadas. Será que um ano inteiro de desencontros em Paris terminará com o esperado beijo francês? Ou certas coisas simplesmente não estão destinadas a acontecer? Stephanie Perkins escreveu um romance de estreia divertido, com personagens espirituosos que garantem dedos formigando e corações derretendo.



     Aquele livro perfeito pra se ler em 1 dia. A história que te faz suspirar pelos cantos e que te faz chorar quando você vê coisas simples como miçangas em formato de banana (leiam e entenderão o porque). Anna e o beijo francês é aquele livro em que você não precisa se preocupar em ter uma caixinha de lenços por perto (a menos que você seja uma manteiga derretida) de tão fofo e leve que ele é. Anna Oliphant é uma garota normal com seus pais divorciados, seu irmão mais novo que a ama, sua melhor amiga que é praticamente uma irmã e seu quase namorado que é um gato. Porém tudo isso muda quando o pai dela resolve mudá-la de colégio no último ano do ensino médio. E não é um simples colégio é a SOAP (School Of América in Paris).


     Além de mudar de escola ela vai mudar de país! Paris é o sonho de qualquer garota romântica, e Anna é romântica, mas esse não é o sonho dela! Ela não quer trocar toda a sua vida em Atlanta por um ano na Cidade Luz. Anna nem sabe falar Francês!! Mas seu pai não lhe pergunta nada sobre isso. Então Anna está sozinha, em uma escola onde ela não tem nenhum amigo e em um país com um idioma que ela não entende. A única coisa que pode fazer é surtar! E é o que ela faz! Mas esse ataque de pânico passa e Anna faz amigos. Entre esses amigos esta Étienne St.Clair: "sotaque inglês, nome francês, escola americana, Anna confusa." Porém St. Clair já tem namorada, Anna tem um quase namorado em Atlanta e Meredith (uma amiga dos dois) também nutre sentimentos por Étienne (quem não nutriria??). Mas será que depois de 1 ano inteiro juntos, eles conseguem manter apenas a amizade? Será que Anna vai mesmo ganhar um beijo francês?
     Apesar de ser leve, é uma história envolvente. Me identifiquei tanto com os personagens que já até sabia o que eles iriam fazer. Se você está pensando em ler esse livro, pare de pensar e vá ler agora!
     Mas prepare-se para se apaixonar pelos perfeitos defeitos de St. Clair!! 😍 E prepare-se também para encontrar o seu lar, porque como Anna diz: "É possível que lar seja uma pessoa e não um lugar."
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...