sexta-feira, 22 de abril de 2016

Resenha #74 - Pequenas Grandes Mentiras

PEQUENAS GRANDES MENTIRAS
 
Autor: Liane Moriarty
Título Original: Big Little Lies
Páginas: 400
Gênero: Romance
Editora: Intrínseca
Ano: 2015
 
Big Little LiesMadeline é forte e passional. Separada, precisa lidar com o fato de que o ex e a nova mulher, além de terem matriculado a filhinha no mesmo jardim de infância da caçula de Madeline, parecem estar conquistando também sua filha mais velha. Celeste é dona de uma beleza estonteante. Com os filhos gêmeos entrando para a escola, ela e o marido bem-sucedido têm tudo para reinar entre os pais. Mas a realeza cobra seu preço, e ela não sabe se continua disposta a pagá-lo. Por fim, Jane, uma mãe solteira nova na cidade que guarda para si certas reservas com relação ao filho. Madeline e Celeste decidem fazer dela sua protegida, mas não têm ideia de quanto isso afetará a vida de todos.
     Pequenas grandes mentiras se passa numa cidade bem pequenininha e conta a história de três mulheres: Jane, Madeline e Celeste. Nessa cidade, só tem uma escola, a Pirriwee, e todos estudam juntos, independente se for rico ou pobre, todos na mesma escola.

     Então vamos começar a falar das nossas queridas personagens! A Jane é uma pessoa mais simples do que as outras e mãe solteira. Jane nunca ficou por muito tempo numa mesma cidade, ela sempre estava se mudando, pois ela se sentia muito deslocada. Ela acaba de se mudar para essa pequena cidade junto com seu filho, Ziggy. No primeiro dia de aula de Ziggy, ela vai levá-lo para conhecer os professores, os colegas e tal. Ela o deixa lá e quando volta, aparece uma menininha chorando, dizendo que alguém a machucou e isso acaba atraindo a atenção de vários pais. De repente, a menininha aponta pro Ziggy e acusa ele de tê-la enforcado. Jane não sabe bem o que fazer, afinal, Ziggy sempre foi muito carinhoso, muito dócil e tal. A mãe da menininha fica furiosa por isso e seria capaz de matá-la por isso e Jane não sabe bem se confia ou não na menina.

 
"Alguém realmente conhecia o próprio filho?
Filhos eram pequenos estranhos, sempre mudando,
 desaparecendo e se reapresentando aos pais.
Novos traços de personalidade podiam surgir da noite para o dia. "


     Madeline é uma mulher forte e decidida. Ela só não está muito contente com a decisão de sua filha, Abigail, a mais velha que é fruto de seu primeiro casamento. Abigail decidiu que quer ir morar com o pai e com a madrasta. Essa decisão faz Madeline ficar muito triste, foi ela quem criou a filha sozinha, já que o pai de Abigail, Natan, as abandonou quando mais precisavam. Madeline odeia o cara a ponto de matá-lo. E o pior de tudo é que Abigail ama a madrasta, o que acaba deixando Madeline ainda mais chateada, como se sua filha nunca mais fosse voltar. Aí você pensa que sua vida já tá uma merda e que não poderia ficar pior e tãn tãn tãn tãn... Fica pior! Natan resolve matricular sua filha do segundo casamento na mesma escola que Abigail, fazendo com que ela tenha que interagir com a menina.



"- A garota no carro à minha frente é uma idiota porque está dirigindo e usando o celular ao mesmo tempo - disse Madeline.
- Que nem quando você liga para o papai para dizer que a gente está atrasada? - perguntou Chloe. [...]
- Sim! E dei um telefonema rápido. Não mandei mensagem! A pessoa tem que tirar os olhos da rua para digitar. Fazer isso enquanto dirige é ilegal e muito feito, e você tem que prometer que nunca vai fazer isso quando for adolescente.
Sua voz tremeu um pouco ao imaginar Chloe adolescente dirigindo um carro.
- Mas dar um telefonema rápido a gente pode? - conferiu Chloe;
- Não! Isso é ilegal também - respondeu Madeline.
- Então quer dizer que você desobedeceu a lei - disse Chloe, com satisfação - Como um ladrão."


      Já a Celeste é uma mulher rica, linda, bem casada, mãe de gêmeos, uma família linda e uma vida perfeita. Mas isso nos deixa pensando "algo de errado não está certo". Será que sua vida é realmente perfeita assim ou é tudo fachada? Celeste esconde uma mega segredo.

"[...] Poderia voltar ao Blue Blues, comprar um café e depois tirar uma foto pretensamente artística da xícara apoiada em uma cerca com o mar ao fundo e postá-la no Facebook com a legenda: Pausa do trabalho! Que Sorte! As pessoas escreveriam: Inveja!Se exibisse no facebook como sua vida era perfeita, talvez também começasse a acreditar."

     Tudo isso começa a fazer sentido ao longo do livro.

     Vai ter uma festa onde todos os alunos e pais comparecem, o concurso de perguntas. Nessa festa, aconteceu um pequeno, talvez grande, problema: uma pessoa morre. O problema é que não sabemos quem morreu, se foi um homicídio ou suicídio, quem matou, ou seja, não sabemos nada, apenas que algum ser não tão iluminado bateu com as botas. Todas as nossas dúvidas vão sendo respondidas ao longo do livro. Não posso contar aqui senão seria muita maldade com vocês.

     Só para deixar vocês com gostinho de quero mais, vou falar que amei o livro. Liane Moriarty é a mesma autora de "O Segredo do Meu Marido". Já tem resenha desse livro aqui no blog e vou deixar o link aqui em baixo para quem quiser conferir.

     Leiam o livro porque vale muito a pena, sem contar que é da Intrínseca e os livros deles não são tão caros, ficam na média de R$30,00, por aí. A leitura é muito rápida e ao pouco você começa a juntar os pontos.

     Ahhhh. Uma mega novidade (não tão nova assim) é que esse livro vai virar série com um elenco maravilhoso!
Nicole Kidman (Moulin Rouge), como Celeste, Reese Witherspoon (Legalmente Loira), como Madeline, e Shailene Woodley (Divergente), como Jane. 

     Por hoje é só, pessoal!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...